Acusado de matar ex-esposa comete suicídio na Ponte Rio-Niterói


Haroldo da Silva Amorim, de aproximadamente 30 anos, cometeu suicídio após matar a ex-esposa, em Rio do Ouro, Niterói, na manhã desta quinta-feira (13).

Segundo informações, após cometer o crime, o homem roubou uma Fiat Uno e seguiu até a Ponte Rio-Niterói.

No vão central, o homem deixou o veículo e se jogou. Motoristas que estavam trafegando pela via presenciaram o momento da tentativa de suicídio. 

“O cara parou com o carro aqui e pulou da ponte.” afirmou um homem em um vídeo que circula nas redes sociais.

Segundo a Polícia Civil, o homem deu entrada no Hospital Souza Aguiar, no Rio de Janeiro, após ser resgatado por uma lancha do Grupamento de Bombeiros Militar (Gmar), mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

O caso

Bruna Araújo Carvalho, de 31 anos, orientadora de trânsito de Maricá, foi morta em Rio do Ouro, no início da manhã de hoje.

A mulher foi na casa de Haroldo para pegar alguns objetos. Na residência, a mulher foi baleada duas vezes pelo acusado, mas conseguiu fugir.

O homem seguiu a mulher e conseguiu alcançá-la em uma escadaria do bairro. No local, o acusado efetuou vários golpes com uma madeira, e fugiu em seguida. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

Agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá foram acionados para o local para realizar a perícia técnica. Após, o corpo foi removido pelo Rabecão da Defesa Civil e encaminhado para a o Instituto Médico Legal (IML), no Barreto, em Niterói.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada, que trata o caso como Feminicídio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!