Maricá: Primeira Semana Municipal de Práticas Integrativas e Complementares de Saúde

A Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu nesta segunda-feira (09/05) o início da 1ª Semana Municipal de Práticas Integrativas e Complementares de Saúde, conhecidas como PICS. O evento trouxe novos conhecimentos e capacitação a estudantes e profissionais sobre as PICS — que incluem Acupuntura, Reiki, Auriculoterapia, Yoga, etc —, abordando as potencialidades dessas práticas, os benefícios trazidos por elas a humanos e animais, os principais desafios para a aplicação, além de políticas públicas voltadas à área.

A iniciativa teve o apoio da Universidade de Vassouras (campus Maricá) e marca a primeira atividade presencial em celebração à criação do Programa Municipal de Práticas Integrativas e Complementares de Saúde, instituído pela lei municipal nº 2.988 , de novembro de 2020.

O evento foi aberto pelo seminário científico “Saberes e Práticas de Cuidar com PICS na Saúde Municipal”, que contou com palestras de diversos especialistas e estudiosos desse ramo da medicina; um minicurso de auriculoterapia; e a apresentação de trabalhos desenvolvidos por estudantes da Universidade de Vassouras sobre as PICS. As atividades foram encerradas com uma reunião plenária, tratando de ações para o fortalecimento dessas práticas na Atenção Primária à Saúde.

Diálogo entre diversas esferas da saúde

A coordenadora da Atenção Primária de Maricá, Shirley Linhares, reforçou que a iniciativa é de suma importância para a saúde da população, incentivando a utilização das PICS como complemento a outras práticas medicinais, além de apresentar aos estudantes uma nova possibilidade de atuação profissional.

“O primeiro seminário formaliza as Práticas Integrativas e Complementares de Saúde na cidade. Elas foram implementadas em 2011 e foram instituídas oficialmente com a lei municipal de 2020. O evento soma ensino e serviço, reunindo acadêmicos e profissionais da área, aproximando as PICS do exercício profissional, uma maneira de fomentar debates para ampliar cada vez mais a oferta dessas práticas de saúde em Maricá”, destacou.

Participantes adquirem novos conhecimentos

Dezenas de profissionais da saúde e estudantes da área se reuniram no Espaço M&R Premium Eventos, no Condado, para participar das atividades. Crislaine de Nazaré, aluna do 4º período de Nutrição no campus Maricá da Universidade de Vassouras, foi uma delas. A estudante ressaltou a importância do encontro por fomentar novos aprendizados e divulgação científica, algo fundamental para a sua formação.

“Participo de um projeto de iniciação científica voltado às PICS e no evento pude aprender e apresentar um pouco da nossa iniciativa. Essas práticas são essenciais para a formação do profissional de saúde, mas são pouco disseminadas, principalmente na área da Nutrição. Por essa razão, o seminário é de suma importância, trazendo informações essenciais para a nossa trajetória”, afirmou.

Já a fisioterapeuta do Núcleo de Atenção à Saúde da Família (NASF), Patrícia Rodrigues, garantiu que os aprendizados obtidos durante o seminário serão aplicados na sua rotina profissional. “Atuo como fisioterapeuta e também como acupunturista, razão pela qual vim ao evento, buscando novos conhecimentos na área. A demanda pelas PICS é crescente e acredito bastante nelas. Durante as atividades, aprendi maneiras diferenciadas e mais humanizadas de atuar com a acupuntura, que com certeza irei aplicar no meu dia a dia profissional”, acrescentou.

População tem acesso às PICS nas unidades de saúde

As Práticas Integrativas e Complementares de Saúde (PICS) já estão disponíveis em algumas Unidades de Saúde da Família (USFs) do município e, em breve, serão ampliadas para todas as 24. A população pode ter acesso à Auriculoterapia nas seguintes USFs: Bairro da Amizade, Central, Inoã II, Mumbuca, Ubatiba, Ponta Grossa e Santa Paula.

A Acupuntura pode ser encontrada nas USFs Central, Inoã II, Mumbuca e Santa Paula. Já a Ventosaterapia ocorre nas unidades Santa Paula e Mumbuca. Outras especialidades incluem o Yoga (USF Central); Shantala (USF Central e USF Bairro da Amizade); além da Aromaterapia nas consultas odontológicas (USF São José I). Na USF Santa Paula, os maricaenses podem encontrar ainda Reiki, Moxa, Reflexologia, terapia comunitária e dança circular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!