ATUALIDADESBAIRROSPOLÍTICA

Governo do Rio de Janeiro afirma ao STF que não deixará de realizar operações policiais próximas a escolas

Durante uma audiência realizada na última terça-feira (07), o governo do Rio de Janeiro comunicou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não interromperá as operações policiais próximas a escolas no estado. A posição foi defendida pelo Secretário de Segurança, Victor Cesar Santos.

No entanto, o governo ressaltou que medidas estão sendo adotadas para garantir a segurança dos estudantes em situações de tiroteios. Segundo o Secretário de Segurança, a Cruz Vermelha irá auxiliar na capacitação e no estabelecimento de protocolos de segurança nas escolas, visando a proteção dos alunos durante eventuais tiroteios.

Em contrapartida, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) informou que criou um grupo de trabalho com o objetivo de minimizar os impactos das operações policiais nas escolas. Essa iniciativa visa encontrar formas de reduzir os riscos e proteger os estudantes durante confrontos armados nas proximidades das instituições de ensino.

Essa discussão reflete a preocupação com a segurança das crianças e adolescentes que frequentam as escolas no Rio de Janeiro, especialmente em áreas afetadas pela violência. A busca por soluções que conciliem a atuação policial necessária com a preservação da integridade dos estudantes é um desafio complexo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!