ACUSADAS DE PARTICIPAR DA MORTE DE MODELO SÃO PRESAS EM ITAIPUAÇU

Duas mulheres acusadas de participar da morte da modelo Mayara Silva dos Santos foram presas nesta quarta-feira (5), em Itaipuaçu, pela Polícia Civil. A modelo morreu após passar por procedimentos estéticos nos glúteos, em Julho de 2018, no Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.

Segundo informações levantadas pelo Site Maricá Total, “Márcia” e “Thaíza” foram presas no bairro de Itaipuaçu e encaminhadas para a 82ª DP (Maricá).

Márcia e Thaíza foram indiciadas por organização criminosa e homicídio qualificado pela morte de Mayara.

Investigado pela 42ª DP (Recreio), no caso consta que a dupla ao invés de levar a modelo para o hospital, pediram um remédio para dor em uma farmácia.

As presas responderão por associação criminosa, homicídio qualificado e exercício ilegal da medicina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.