Prefeitura transforma área pública em horta comunitária no Condado 

A Prefeitura de Maricá, por meio da autarquia Serviços de Obras de Maricá (Somar), deu utilidade a uma área pública de aproximadamente 17 mil m² localizada na Rua Bértula, no Condado, com a criação de uma horta comunitária. No espaço, que tem se transformado em uma pequena área agroecológica do bairro, começaram a ser cultivadas alface, chicória, cebolinha, beterraba, repolho e sementes como coentro e mudas de árvores frutíferas. No local, é feito também a compostagem, que vira adubo para fortificar a própria produção e moradores podem levar para casa.

O processo da compostagem é simples: depois de recolher o capim retirado dos canteiros das ruas pelas equipes de conservação ou ainda receber o resíduo da grama aparada no quintal dos moradores locais, o material é coletado, separado, colocado no Sol e molhado periodicamente para acelerar o processo de decomposição. Em aproximadamente um mês de tratamento, esse resíduo está pronto para ser utilizado como adubo na horta comunitária.

“A horta está sendo utilizada por moradores de todas as idades que vêm aqui plantar e colher. A ideia é transformar o espaço em uma área ecológica para que o morador possa estar aqui todos os dias. É um projeto de sustentabilidade, que proporciona o encontro social”, afirmou o coordenador de conservação da Somar, Charles Carvalho.

Além do processo de compostagem e de criação da horta, a equipe transforma pneus encontrados nas ruas em vasos de planta e artesanato. “A gente utiliza para o bem-estar de todos o que jogam fora”, concluiu Charles.

O espaço possui árvores frutíferas como jaqueira, bananeira, goiabeira, cajueiro, pé da fruta do conde e espécies que são difíceis de serem encontradas na região, como o Pau-brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!